O que dizem os estudantes sobre a Universidade Aberta

 

“Terminada a Licenciatura em Ciências Sociais no ano letivo de 2012/13, não pretendo parar por aqui. A UAb tem uma oferta pedagógica tentadora. Conciliar a vida profissional, pessoal e académica não é fácil, requer disciplina e um plano a cumprir com rigor. Mas, tendo em conta o enriquecimento cognitivo, o espírito académico vivido na UAb e a proximidade ao fator humano que paradoxalmente a distância promove, vale a pena continuar.”

Ana Maria Gonçalves, Licenciada em Ciências Sociais

 

“[…] Outro aspeto positivo é a qualidade do ensino. Os docentes impõem rigor e exigem qualidade e profissionalismo, mas são extremamente justos e retribuem o esforço empregue em cada um dos nossos trabalhos.”

Pedro Delgado, Mestre em Ciências do Consumo Alimentar

 

“Apesar da sua natureza assíncrona, esta modalidade de ensino-aprendizagem a distância, encontra nos fóruns de debate e reflexão uma das suas principais potencialidades, o que em momento algum poderá ser menosprezado ou não desenvolvido. É aqui que se constrói o diálogo com os colegas de turma, sustentado pelas linhas orientadoras designadas pelos docentes e pela apresentação de argumentos válidos, mais do que propriamente a exposição de conteúdos.”

Andrea Cordeiro, Pós-Graduada em Estudos Juvenis e Comunitários

 

“Quando pensamos no Ensino a Distância, a primeira impressão que temos é que a falta de contacto humano e direto com os professores e colegas tornará o percurso solitário. Não é verdade. É um caminho caloroso e de grande envolvimento humano, de compreensão às nossas limitações e de estímulo às nossas capacidades. A dispersão geográfica dos meus colegas e as mais diversas áreas profissionais a que estão ligados, traz um enorme acrescento ao nosso contacto e relação. Do ponto de vista dos conteúdos, a exigência tem sido muito maior do que eu esperava, pois os módulos são estruturados em pequenos prazos que impõem um ritmo ao qual não conseguimos fugir.”

Teresa Maia, Doutorada em Sustentabilidade Social e Desenvolvimento

 

“Este tipo de ensino dá-nos liberdade relativamente à gestão do nosso tempo e à participação nas diversas atividades. No entanto, tem prazos para o fazermos e que têm que ser cumpridos, é uma questão de organização própria.”

Marta Palhim, Mestre em Cidadania Ambiental e Participação

 

“Sem dúvida que esta foi uma experiência bastante gratificante para mim, não só a nível académico como a nível pessoal. […] Considero, assim, esta Universidade uma boa opção para quem, em tempos, não tenha tido a oportunidade de estudar e pretenda investir na sua formação de uma forma mais acessível.

Ana Rita Porto, Estudante ao abrigo do Programa de Mobilidade Nacional Almeida Garrett

 

“Na UAb não encontrei, apenas, os melhores professores e um programa educativo de mérito reconhecido; encontrei um espírito académico incrível, colegas maravilhosos e uma Associação Académica invejável. Além do mais e como juiz em causa própria, não posso deixar de referir o enorme e louvável empenho da UAb, na criação de condições específicas para os alunos com deficiências, junto dos Centros Locais de Aprendizagem, bem como a criação do Projeto Acessibilidades.”

Marilena Ribeiro, Licenciada em Ciências Sociais

 

“Posso afirmar que a Pós-Graduação em Estudos Juvenis e Comunitários foi uma profícua formação complementar enquanto criminóloga, tendo-me aberto portas para o mercado de trabalho na área da intervenção com jovens em risco. Logo após a conclusão do curso, integrei a equipa de monitorização de uma comunidade terapêutica que visa a reabilitação psicossocial de jovens com comportamento desviante ou anti-social, fator que revela a confiança, qualidade e rigor que são conferidos à Universidade Aberta”

Vilma de Albuquerque Silvestre, Pós-Graduada em Estudos Juvenis e Comunitários

 

“A UAb, fruto do espaço virtual, da competência do seu corpo docente e da minha sede de aprendizagem permitiu-me transpor fronteiras e efetuar uma viagem ao mundo do conhecimento, nas áreas da linguística e literatura, ultrapassando todas as limitações que a insularidade do arquipélago me impunha. Recomendo, deste modo, a todos aqueles que pretenderem continuar os seus estudos online, a escolha da Instituição, pois pude confirmar, na primeira pessoa, a excelência da sua organização.”

Guilherme Oliveira, Mestre em Estudos de Língua Portuguesa

 

“O mestrado realizado na Universidade Aberta tornou-me uma melhor profissional, uma ambição constante desde o início do meu percurso profissional, abriu-me portas e alimentou a minha paixão pelo ensino do Português Língua Segunda/ Língua Estrangeira.”

Cláudia Taveira, Doutoranda em Estudos Portugueses

 

“O sistema de ensino utilizado na Universidade Aberta […] permite uma total liberdade e autonomia na gestão das necessidades decorrentes da vida profissional e pessoal em conciliação com as necessidades decorrentes da realização do curso de mestrado.”

Sílvia Santos, Mestre em Ciências do Consumo Alimentar

 

“O ensino a distância será cada vez mais uma realidade presente na aprendizagem durante a carreira e […] a UAb está amplamente preparada…”

Vítor Oliveira, Licenciado em Gestão

 

“A Universidade Aberta deu-me muito. Além do método de estudo que me ensinou, os serviços fornecidos foram sempre muito fiáveis e precisos. É com imenso prazer que posso dizer que esta experiência me mudou. Mudou a minha maneira de enfrentar o mundo, as problemáticas, as relações. Deu-me a segurança e a autoestima necessária para não ter medo de estar sozinha numa cidade antes desconhecida.”

Ludovica Boin, Estudante ao abrigo do programa Erasmus+ (Universidade de Pádua, Itália)

 

“Escolhi a Universidade Aberta porque assim consigo gerir o meu tempo, organizar-me e organizar o meu dia.”

Valeria Pizzarella, Estudante ao abrigo do programa Erasmus+ (Universidade de Pádua, Itália)

 

“Estar vinculada à Universidade Aberta de Lisboa tem-me proporcionado muita coisa, tem sido uma experiência muito positiva.”

Marília Ferrão, Estudante ao abrigo do programa Abdias Nascimento (Universidade Federal da Bahia, Brasil)