Mobilidade Virtual na UAb

A realização de um período de mobilidade no âmbito de programas ou de acordos bilaterais é, para os estudantes, uma oportunidade de conhecerem o modo de ensino e os programas de estudo de outras universidades, obtendo equivalências aos estudos aí realizados. A Universidade Aberta (UAb) tem, desde sempre, promovido a mobilidade de estudantes e, sobretudo a partir de 2011, desenvolvido a mobilidade virtual, em contexto europeu e com universidades da América Latina.

A mobilidade virtual permite o acesso a experiências internacionais sem os custos económicos, sociais e/ou familiares, habitualmente associados à mobilidade física.

As atividades de mobilidade virtual para estudos ocorrem sempre no âmbito de um acordo interinstitucional (protocolo, convénio, adenda, acordo específico, etc.) celebrado pelas Instituições de Ensino Superior (IES) envolvidas no projeto de mobilidade. Deste modo, as IES participantes acordam, previamente, o reconhecimento académico dos programas de estudos a realizar pelos seus estudantes na IES de acolhimento.

Em mobilidade virtual, tanto as unidades curriculares oferecidas pela UAb como o espaço virtual de aprendizagem são exatamente iguais aos oferecidos aos demais estudantes da instituição.

 

Testemunhos


Assuntos relacionados:

 


Modelo Pedagógico Virtual®

O processo de ensino-aprendizagem decorre numa plataforma de elearning a que os estudantes acedem através de credenciais geradas automaticamente e enviadas para o seu correio eletrónico pessoal. Toda a informação de que os estudantes necessitam está integrada nesta plataforma virtual: acesso a materiais e atividades de aprendizagem assim como a espaços de comunicação, partilha e construção do conhecimento e avaliação.

A comunicação entre os estudantes está disponível ao longo de toda a unidade curricular, em fóruns não moderados, possibilitando a interação e a colaboração com os colegas a propósito do trabalho que vai sendo realizado.

A comunicação com o professor ou com o tutor desenvolve-se em momentos próprios, definidos no Plano da Unidade Curricular, através de fóruns moderados pelo docente ou pelo tutor e num período de tempo determinado. Habitualmente, ocorrem 2 a 3 momentos antes da realização dos e-folios ou p-folios, com a duração de uma semana, em que o professor ou o tutor interagem em fórum com os estudantes.

Sendo a comunicação assíncrona, isso significa que a resposta às questões, dúvidas ou outras intervenções publicadas pelos estudantes não é imediata, podendo variar entre algumas horas e um máximo de 48 horas.

Mais informações

 

Cursos da UAb

No âmbito do Processo de Bolonha todos os cursos conferentes de grau foram criados de acordo com procedimentos comuns que garantem o reconhecimento da equivalência académica noutros países do espaço europeu.

Diretório de cursos

 

Calendário letivo

O ano letivo organiza-se em 2 semestres. As atividades letivas no 1.º semestre decorrem do início de outubro até ao final de janeiro, decorrendo as avaliações finais das unidades curriculares deste semestre em janeiro e fevereiro. O 2.º semestre inicia-se em março e as avaliações finais das unidades curriculares deste semestre têm lugar nos meses de junho e julho.

Mais informações


Gabinete de Comunicação e de Relações Internacionais | gcri@uab.pt